terça-feira, dezembro 12, 2006

Diz que é uma espécie de Che Guevara da direita portuguesa

Eles andem loucos!

A última, e mais mirabolante, proposta passa por alterar propositadamente a lei e aplicá-la com efeitos retroactivos!

Apesar de tudo, sempre acho mais sensata a velha proposta do Miguel Sousa Tavares de decidir Camarate – por atentado ou acidente, tanto faz – através de Decreto-Lei e, em seguida, proibir que se desenterre mais o assunto.

15 comentários:

Opintas / Bernardo disse...

És tu o tal carago.

Klatuu o embuçado disse...

O mais giro neste País que Eça chamou «um sítio» é a permanente e selectiva «amnésia».

'mega' disse...

'o MST é um visionário, eu aprovo a ideia, ondé que se assina?..'

as velas ardem ate ao fim disse...

Esquerda ou direita???

Bjinhos fica bem

Mendes Ferreira disse...

... ... loucos varridos.

andem. mesmo.


:)

que fazer?


ensandeceram...

beijos.


futuristas.

Zé Lérias disse...

Sempre houve gente com inclinações mórbidas em todo o mundo, mas em Portugal abusa-se.
Já quase ninguém respeita os mortos. Sobretudo quando deles apenas se quer retirar dividendos políticos.

Cristina disse...

pois, tamém acho...:(

bjitos amiguitos :P

Josefa Pacheca Pereira disse...

O Menino anda muito desaparecido. Não trabalhe tanto Kamarada.


LOLOLOL!!!!

pintoribeiro disse...

Desaparecido, K'mrd? Vem matar saudades, porra. Abraços.

Pseudo disse...

O senhor professor já assinou a petição contra as tlebs ou lá o que é?

Cristina disse...

olá amiguito! volta lá...:p

mfc disse...

Ó pá... eles também têm direito a divertirem-se um pouco... e a gente não leva a mal!!

Anónimo disse...

Os américas tem o Kennedy, nós o Carneiro, cada um tem o que merece.
A mim o que me irrita é o endeusar o homem, muito gostamos nós de sebastiões. Boa semana

Fausta Paixão disse...

... como é que achas que nascem os mitos?
está estupenda esta imagem!

Kaos disse...

Se não tivesse morrido como morreu hoje estaria no topo da lista dos piores portugueses de sempre ao lado do Mário Soares. Assim fizeram um Deus de um aldrabão como outro qualquer.
abraço