terça-feira, março 24, 2009

Vamos reunir e contar dinheiro



Vitorino factura 5 mil por reunião

O ex-comissário europeu, António Vitorino, ganha 5000 euros por cada reunião a que preside como presidente da mesa da Assembleia Geral da Brisa, de acordo com o relatório anual das sociedades, ontem disponibilizado no site da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

9 comentários:

Eric Blair disse...

deveriam taxá-los a 90% como fez o congresso norte americano com os prémios dos administradores da falida AIG. 9 dos 10 renunciaram logo aos prémios; é que foi como um tiro!

numtiquibóques disse...

Sim, concordo com o imposto, mas com ou sem ferro no rabo?

francis disse...

eric, a elogiar o grande capital ?

isso do ferro não interessa porque há quem goste.

loirices disse...

vou ali vomitar e já venho.

Karocha disse...

O Vasco Mello e o Toni Soprano?
O melhor é eu estar calada...

San disse...

tudo depende do que o homenzinho faz nas ditas reuniões...

Cão(somente) disse...

É pra isso que pagamos portagens.

Zé Costa disse...

Não estou a ver 10000 carros a passar no tempo da tal reunião do Sr Vitorino nas portagens da A5 em Carcavelos para poderem arranjar os 5000 aerios que cobra, provavelmente para não criar qualquer valor acrescentado para os utilizadores pagadores, vão mas é levar onde levam as galinhas.

DistraidoAsAlways disse...

Isto é que se chama um acompanhante de luxo, mas acho que se pagassem a umas meninas do elefante branco para animar a mesa da Assembleia Geral, saía mais barato (bem... quer dizer.. talvez não.. mas mais animação havia!)