sexta-feira, setembro 08, 2006

Quase-diário retroactivo

dia 1 – a biage
Assisto refastelado à demencial fila na porta de embarque.

dia 2 – o jetelegue
5 da matina. Saio em silêncio. Um imenso areal. Não se vê vivalma. Não resisto e cumprimento o mar, mesmo à Pai Adão.

dia 3 – já com biatura
6 da matina. Repito o mergulho matinal, desta vez já equipado com calções. Mais tarde perco-me no meio de uma fazenda, encontro uma lagoa, como peixe frito.

dia 4 – mar, muito mar
Fruta na praia. Camarão. Cerveja. Mais mar, muito mar.
















.
.
.

dia 7 – há mar e mar
Partiu-se a prancha.

6 comentários:

Inha disse...

Tiveste sorte de o tubarão precisar dócles senão tinhas sido tu em vez da prancha!:D))))


(inbejosa eu)

Bart Simpson disse...

estou a ver que foi difícil...

menir disse...

De facto parece ter sido uma complicação pegada, uns tempos mui conturbados...

Cristina disse...

bandido!!!lool

ja viste o que te mandei???

beijinhos

Pseudo disse...

Dias muito conturbados, os teus!

Mac Adriano disse...

És mesmo um desportista, pá! Às cinco e seis da manhã estou eu a deitar-me.