terça-feira, fevereiro 12, 2008

46€

Produto de uma breve incursão em mais um Mercado do Mono, ali no Ferreira Borges; que é um belo edifício, frio como a morte, e despido como um seixo.



Ah! O Vilar da Galeira 99, encontrei-o debaixo da máquina do ar condicionado. Estavam lá 3 garrafitas praí desde 2003. Desde que a Barros passou prás mãos dos espanhóis que eu deixei de conseguir encontrar esta bela pinga. Uma delas veio logo prá mesa e acabou por ficar a compor o ramalhete.

15 comentários:

Zé do Telhado disse...

Sobre a etiqueta: se o tal Álvaro for o Cunhal não deixa saudades.

Eric Blair disse...

... "deixe-os na dúvida" ...

seu_misha disse...

é pá o ravachol ...
e havia pinga também...que tarde

Francis disse...

"frio como a morte, e despido como um seixo."

Ah poeta.

eu tambem gosto imenso dessas incursões, aqui em Lisboa faço na Jardim da Estrela ou nas Amoreiras.
Vinhaça é que nunca lá vi, joder.

'mega' disse...

'um zé do telhado proferir uma frase daquelas é estranho....

em relação ao post, ohh eric, CAMARADA, atão e levaste colete à prova de bala para aquela zona?!.. andem aí umas balas desviadas ou transviadas,, cuidado sempre'

numtiquibóques disse...

Jack London. Por acaso nunca vi a tal dessas 9 (penso que é isso) que foi transportada para tela com narração do Orson Wells.
Onde anda isso? Na BHS?

Eric Blair disse...

Pá, Seu Misha, o Ravachol veio só pra engrossar a prateleira, porque já cá tem pelo menos um irmão. É daqueles que emfiarei nas mãos de alguém...

Eric Blair disse...

Pá, Frank, achas que já posso publicar?
quanto à binhaça, estava mesmo cá em casa, só que eu não sabia. Antes de me sentar a folhear as compras, encontrei-as por acaso, e foi uma simbiose ... ená pá, isto está a ficar bonito.

Eric Blair disse...

nã, Mega, os gajos só matam os facínoras; por isso é que eu não percebo porque é que dizem que o Porto está mais inseguro. Fica mas é mais seguro de cada vez que limpam o sebo a mais um.

Eric Blair disse...

Tal e qual Numtiquiboques, é um dos contos: precisamente A Fogueira. Se lá voltar deito a unha a mais um.

Eric Blair disse...

Prós estrangeiros esclareço que aquelas 3 portas verdes, do lado direito fazem parte de uma esquadra da psp. Há uns anos, o comando metropolitano do Porto (ou lá como é que se chama) resolveu – numa operação de humanização – convidar artistas plásticos para pintarem o interior das esquadras. Para esta da foto convidaram o janado do Raminhos, que pintou lá dentro, nem mais nem menos do que uma cena com os Irmãos Metralha (ou seriam os Dalton?). Lá esteve muitos anos, e se calhar ainda lá está.

San disse...

bom vinho e bons livros parece-me uma óptima presa para o verdadeiro pirata!

Eric Blair disse...

:)

seu_misha disse...

era uma cena dos irmãos Dalton ... e tanto quanto sei foi iniciativa do então comandante, ou lá como se chama o gajo que manda lá no sitio, que entretanto foi promovido e substituído por um outro, fraco de ideias e duro de vista, que logo quis mostrar serviço e decidiu pintar todo o interior da esquadra e mandou cobrir o mural. A gajos que são cá umas bestas.

Eric Blair disse...

grato pelo esclarecimento, aproveito para acrescentar que o Raminhos foi recentemente visto a dar aulas de educação visual por terras de Cambra.