terça-feira, fevereiro 17, 2009

E o gelo para o Whisky, também derrete?



ÁRCTICO DEIXARÁ DE EXISTIR EM DUAS DÉCADAS
O aquecimento global vai levar a que o Árctico, no extremo Norte do Planeta, tal como o conhecemos hoje, deixe de existir dentro de 20 anos, com a temperatura na região a aumentar sete graus centígrados. Especialistas em ciência polar reunidos em Chicago, EUA, consideram que o aquecimento em curso não se trata de "um mero ciclo passageiro", pelo que "o atestado de óbito do Árctico está assinado

10 comentários:

loirices disse...

no verão num instatinho, no inverno nem tanto, isto anda tudo trocado.

Eric Blair disse...

pá, sem gelo, o whisky, por oposição ao arrefecimento global, passa a aquecimento local.

francis disse...

al gore sou eu e tu...

numtiquibóques disse...

Loirices, depende da temperatura interna. Pelo menos era assim no nove semanas e meia.

numtiquibóques disse...

Blair, já disse à loirices e pelos vistos tu também andaste a ver o mesmo filme que eu!

numtiquibóques disse...

Francis, essa foi séria e educativa. Vou registar enquanto decoro as cores do ecoponto.

CãoSarnento disse...

Mais preocupante do que o desaparecimento do gelo árctico, são as consequências que isso provocará nas correntes marítimas, as grandes reguladoras da temperatura do Planeta.
Ainda ninguém sabe ao certo o que vai acontecer mas é provável que isso acarrete maiores alterações do que aquelas que estão previstas só pelo efeito de estufa.
Temos o exemplo de Nova Iorque, que está numa latitude próxima da de Portugal e onde neva, apesar da proximidade do mar, enquanto por cá a neve fica-se pelas terras altas do interior. Tudo isso se deve às correntes marítimas.

Ana Camarra disse...

O do frigorifico não derrete, mas que isso me assusta, assusta.

bj

francis disse...

numti pá, ahahahahahahahah quando decorares manda-me a cábula.

http://www.youtube.com/watch?v=foFGNas5Fe8

mfc disse...

Queres ver que a minha casa vai passar a uma palafita?!