segunda-feira, maio 18, 2009

tesouros da Teresa

"- Eu gosto muito de leitão, mas só na altura dele"

15 comentários:

Cristina disse...

eu cá, acho que fora da altura dele é que ele é gostoso :)

Eric Blair disse...

he he, quando ainda não está bem maduro?

Zé do Telhado disse...

Quando sobe os rios para desovar?

Eric Blair disse...

ah ah ah ah ah, deve ser isso, pá.
Vou começar a tomar nota, que a Teresa tem algumas imperdíveis.

Eric Blair disse...

... e entretanto estou a ouvir a laurinda alves ali na 2 e olha que ela também tem umas tiradas bem catitas.

San disse...

e que tal esta:

"não posso vir trabalhar porque tenho que ir levar uma contra o tecto"

Eric Blair disse...

queca malabarista? :)

Ana Camarra disse...

Pois é como o sabão azul e branco, só na época do defeso!

beijos

San disse...

: ) também pensei isso, Eric Blair, mas não. era a vacina contra o tétano!

mfc disse...

Partiste-me todo com esta...

Zé do Telhado disse...

Também vi a Laurinda, caro Blair. Ainda estive indeciso entre ela e o American Dad, mas ela realmente tinha mais piada... Vai ao site ( www.mep.pt ) do movimento dela, lê as ideias e assusta-te:

“Na perspectiva do MEP é urgente que se caminhe para uma visão integrada da Economia e do Trabalho. A sua interdependência é tal que muito se ganhará numa visão conjunta. A compreensão mútua das suas dinâmicas específicas, numa verdadeira cultura de pontes, representará um avanço relevante. É fundamental promover uma aliança entre trabalhadores (incluindo gestores aos vários níveis), empresários, accionistas e outros actores relevantes, para se atingirem vitórias comuns. ”

Nacional-porreirismo no seu melhor... E queixava-me eu dos parolos do Alegre e do PRD...

francis disse...

almoçei um cromo desses...ali de lafões ou isso.
bem bom, quentinho.

Eric Blair disse...

O azul e branco é como o leitão, Ana: é sempre altura dele.

Eric Blair disse...

ouviste a gaja dizer que é adepta da "riqueza para todos", Zé? Parece-me bem ;)

Eric Blair disse...

calhou-te bem, Frank, apanhaste-o na altura deles ...