terça-feira, julho 11, 2006

Jornalismo de referência


A propósito do regresso o Jardel a Portugal (vai para o Beira-Mar, se conseguir encontrar o caminho), o JN faz um breve resumo da sua passagem por clubes lusos, escrevendo a certa altura: “ … regressou, então, a Portugal para jogar no Sporting, clube que Jardel ajudou a regressar aos títulos 18 anos depois ...

No site da RTP, pode ler-se exactamente a mesma treta: “ … regressou, então, a Portugal para jogar no Sporting, clube que Jardel ajudou a regressar aos títulos 18 anos depois … ”

Vamos agora ao site da TSF Online: “… regressou a Portugal para jogar no Sporting, clube que Jardel ajudou a regressar aos títulos 18 anos depois …”

Três textos iguaizinhos. Quem copiou por quem?

Ah! Descobri. Foram todos à LUSA: “ … regressou a Portugal para jogar no Sporting, clube que ajudou a voltar aos títulos 18 anos depois … ”

No site da SIC Online também se escreve algo parecido: “ … regressou, depois, a Portugal para jogar no Sporting, na época em que o clube de Alvalade regressou aos títulos …”

Mentira!

O tal de jejum terminou em 1999/2000 com El Matador. Nesse ano o Jardel jogava ainda pelos Andrades. Dois anos depois já estava entre os leões e ajudou a conquistar mais um título, mas essa conversa de que foi ele que ajudou o Sporting a regressar aos títulos já mete nojo.

Assim se faz jornalismo em Portugal: de ouvido, com plágio e/ou, mais grave ainda, mentindo intencionalmente.

27 comentários:

pintoribeiro disse...

A correr, abraço K'mrd.

seu_misha disse...

GRANDES FILHOS DA P......TA ...

piscoiso disse...

O gajo que escreveu
“ … regressou, então, a Portugal para jogar no Sporting, clube que Jardel ajudou a regressar aos títulos 18 anos depois ... ”
deve ter um poder do caraças para convencer o pessoal todo.

Ludwig disse...

E assim se faz jornalismo em Portugal. Brutal, o que vale é que em Portugal ainda há criatividade.

menir disse...

Táctica do copy/paste, portanto... Belo post, há que repor a verdade dos factos.

Cristina disse...

muito bem apanhado...lol

beijocas

SPECTATOR disse...

pois é!
o velhote de cabelo branco!
grande ACOSTA!
abraço!

Mendes Ferreira disse...

tou aqui Prof.



:)


para saudar quem assim revela....



beijo.

as velas ardem ate ao fim disse...

Obrigada por repores averdade pelo menos para mim sportinguista e importante.bjo

gito disse...

acho que o objectivo é transformar-nos a todos em zombies

Kaos disse...

Assim é mais fácil e ainda dá para dar um saltinho à praia para dar um mergulho. Para quê perder tempo e energias a pensar. É por essas e outras que qualquer dia ninguém compra jornais.

Inha disse...

Estás atento, Blair. Excelente post!!!

marcox disse...

é só "copy-paste's", hehe!

CORCUNDA disse...

Que referência de jornalismo!

Barão da Tróia II disse...

É o jornalismo que temos, mas num país de merda que querias!

Dae-su Oh disse...

O homem não compareceu ao 1º treino será que vem mesmo?

johnny D disse...

Bem apanhado! É tudo uma cambada de tristes que não querem ser criativos...

Mac Adriano disse...

Como diz o Piscoiso, o gajo que escreveu isso deve ter um grande poder para convencer o pessoal todo. Deve ser o Scolari do jornalismo, digo eu.

LFM disse...

Porque será que não estou mesmo nada de nada admirado.
É por essa e por outras, que para além de ler notícias, leio também (cada vez mais ) blogs como o teu.
Parabéns.

molas disse...

Lá está o jornalista a ferrar no cão.

Cristina disse...

beijinhos, bom fim de semana amiguito..

Samartaime disse...

sabemos bem tu e eu como somos cultos de ouvido...:)


e tb somos surdos...:)


beijo-te.


(volto daqui a dias..)


portar bem Prof.

Charlito disse...

Beto Acosta! Matador, mAtador, matador!
Dos fracos não reza a história.

Jack Porra disse...

Apesar de ser lampião, não posso deixar de dizer que estou totalmente de acordo com esta crónica ...

O jornalismo feito em Portugal é de baixa qualidade (muito à base de estagiários inexperientes e insuficientemente informados...), e os exemplos são bem evidentes: mau Português, opiniões artificiais e mal documentadas, plágio de notícias, notícias especulativas e/ou injustificadamente difamatórias, etc

E o pior é que, para um povo tradicionalmente ignorante e com dificuldades em levantar o cú da cadeira para se informar, é este tipo de jornalismo (incluindo jornalismo desportivo) que faz doutrina...

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Looks nice! Awesome content. Good job guys.
»