quarta-feira, janeiro 31, 2007

Este homem é um sinhôr!

No mesmo dia em que o major de aviário afirma que tudo fará para que o caso apito dourado chegue efectivamente a julgamento, porque prefere poder provar a sua inocência em tribunal em vez de se safar devido a qualquer tipo de incidente processual. Nesse mesmo dia, dizia eu, o seu advogado deu entrada de um pedido nulidade do processo, baseado num qualquer incidente processual.

11 comentários:

Kaos disse...

Que sejam aldrabões, que a justiça não funcione, são coisas com que nós já aprendemos a viver. Não há necessidade de nos chamar burros e tentar dar a volta aquilo que todos podem ver. Nem necessita de se preocupar, já que como corrupto tem a vitória em todas as eleições autarquicas garantida.
abraço

Animal disse...

já se sabe que não se pode confiar nos advogados.

A mão que escreve disse...

O Major é um snto, o advogado é que é um traidor.... lool

as velas ardem ate ao fim disse...

Magnifico...o post...não o sinhor!

bjocas

PR disse...

Lapidar, lapidar, K'mrd. Abraços.

Pseudo disse...

O major é burro, não?

Maria P. disse...

Humm...caso para desconfiar!

luikki disse...

é pá, o gajo não é major de aviário!
é major de estufa....
daquelas onde crescem batatas...

'mega' disse...

'major: "falso moralista?!?! quem?!?! eu!?! NÃO!!! É MENTIRA!!!'

Cristina disse...

dasseee, não prendem este gajo deve ser com medo que se reproduza em cativeiro...

menir disse...

Uma no cravo e outra na ferradura...