quarta-feira, julho 11, 2007

Nada que impeça a malta de ser jornalista, felizmente.

“No exame de 9º ano a razia a matemática atingiu os três terços de alunos”

agora mesmo no telejornal da RTP
.

10 comentários:

San disse...

Vai melhorar. Aposto que vai ser já no próximo ano. Depois conferimos.

Klatuu o embuçado disse...

AVISO!!!!


Este texto - http://dente-de-marfim.blogspot.com/2007/07/inveja.html - é PLAGIADO do «Abrupto» de Pacheco Pereira!

A menina Kanoff - CUJO BLOG É TODO PLAGIADO - fingiu apagar o anterior blog - e transferiu tudo!

___
Hi5: http://kanoff.hi5.com/

PintoRibeiro disse...

Ah...a Kanoff que foi corrida lá do tasco. Pois. Acertei, outra vez.

Deixa andar K'mrd. Abraços.

Anónimo disse...

Remuneração por objectivos é a solução ...

Em 3 anos tinhamos 3 terços de notas positivas e 1 terço de notas muito positivas ...

No cenário actual só rezando um terço ... ou pedir ao Blair umas explicações ... ou melhor ainda, um manual

... yuuuppp ...!!!!!!

boa ideia, o primeiro manual de matemática de influência anarco-sindicalista, que promove interacções entre alunos individuais, cada uma seguindo simples directrizes elementares.

Aquele abraço,

Seu_Misha

Anónimo disse...

1.Ouvi dizer que o editor da notícia fazia parte dos 3/3 .....

2.Ou será que neste bolo estão incluído também os próprios profs. da disciplina?!

Inha disse...

E tudo leva a crer que no próximo ano o objectivo será chegar aos quatro terços. É muito rosário junto.

António Ventura disse...

Este jornalista, como muitos outros que dizem disparates iguais ou piores, não terá "tirado" o curso numa manhã de domingo na independente?
Aceitam-se apostas.

E já agora, lembram-se de uma conceituada jornalista da nossa praça, editora de politica nacional da Antena 1 e tudo, que iniciou o "debate" com os 12(!) candidatos à Câmara de Lisboa com a seguinte pergunta: "no caso de ser eleito como vereador, qual o presidente com quem gostaria mais de trabalhar?"
Pois a srª não ficou muito zangada porque ninguém lhe respondeu à pergunta e passou metade do debate a repetir a mesma pergunta e a repreender os candidatos por continuarem a não lhe responder?
O engraçado é que nenhum deles verbalizou a única resposta possível - vá à merda!
www.emgestaocorrente.blogs.sapo.pt

absorbent disse...

isto começa a parecer grave, quem foi o sr? tenho lá uns livros no sotao q se calhar lhe fazem falta... com bonecos e tudo!

Letras de Babel disse...

desconhecia que existiam tantos alunos devotamente católicos praticantes...

A mão que escreve disse...

looool, era só uma demonstração da ignorância matemática dos alunos...