quinta-feira, julho 05, 2007

Juntas médicas alteram forma de avaliar doentes

O bastonário da Ordem dos Médicos garante que as medidas avançam não devido aos casos conhecidos: "não está em causa um caso específico, até porque há sempre direitos de recurso".

As Edições Pirata estão já em condições de afirmar que o tal prof calão de Braga - aquele que já quinou - está a pensar meter recurso da decisão, só estando na dúvida entre contratar Romeu Francês ou José Maria Martins.

21 comentários:

San disse...

Deixa-me adivinhar: afinal os médicos que integram as juntas médicas não são bem médicos mas licenciados em medicina.Será?

Anónimo disse...

Mas o Romeu Francês não está preso?

luikki disse...

está tudo combinado nas "secretarias":
da cga, das seguradoras, do snp...

Inha disse...

Ainda me estou a rir do comentário do amigo San, ali em cima... só falta dizeres que é o S. Pedro quem vai advogar a causa...LOLOLOL

PintoRibeiro disse...

Isto está uma valente merda K'mrd.
Um abraço,

Animal disse...

aquele gajo, o júdice também me parece jeitoso e mais fotogénico que o francês e o martins. e a imagem vende...

as velas ardem ate ao fim disse...

Como é que um morto apresenta recurso??!!

bjos

Cristina disse...

nahhhh, nada a ver!!!

:)) beijinhos

Eric Blair disse...

Pá, San, não comento, que eu num quero ir fazer companhia ó Charrua.

Eric Blair disse...

Não há-de ser por muito tempo, Anónimo. Esquemas são com ele.

Eric Blair disse...

Pois, Luikki, por isso é que por contraposição até há aquele pessoal, como a Maria luísa e a mulher do Durão Barroso, que não podem trabalhar porque se cansam! Dizem elas que é uma doença diagnosticada e que dá direito a reforma antecipada.

Eric Blair disse...

Amiga, Inha, é amiga. O S. Pedro é funcionário público? Tenho que saber antes de poder fazer piadas com ele.

Eric Blair disse...

A coisa vai assim tão mal, Sergey?

Eric Blair disse...

Eu diria mais, Animal, só a imagem é que vende. Já agora, aquele Mefistófeles; como é que o gajo se chama? … Ah, é o Proença de Carvalho.

Eric Blair disse...

sso agora num interessa nada, Belas. :)

Eric Blair disse...

É a chamada coincidência do carbailho, Riquita.

San disse...

Já agora que estamos às voltas com aposentações: o Romeu Francês foi meu professor de Introdução à Política (que prontamente escolhi para me livrar de Alemão)nos idos de 1975/76. Apresentou-se, discreto mas determinado, como a vanguarda da classe operária.Foi o delírio!E delírio continuou pois o novel conselho directivo do liceu não partilhava, de todo,essa convicção.É por isso que tenho um soft spot por ele.

Eric Blair disse...

Antes um soft spot do que um hot spot. E daí... :)

San disse...

Soft spot em contexto gonçalvista e com baixas temperaturas, calma lá.

Eric Blair disse...

Certo, certo, é que o hot-spot faz parte do meu léxico, mas relaciona-se com aberturas de oceanos, aparecimentos de ilhas, enfim coisas em grande e do camandro. É que eu já estava a ver por aí muita ctividade sísmica ;)

Letras de Babel disse...

tss, tss...

já ninguém se lembra da verve do garcia pereira...