sexta-feira, setembro 16, 2005

Levantamento de sigilo fiscal apenas para incumpridores

Pois!

Parecer-me-ia mais lógico que o sigilo fiscal fosse unicamente levantado aos pequenos contribuintes. As pessoas que honestamente declaram baixos rendimentos serão, aliás, os principais interessados. Senão vejamos: ao aparecerem as suas declarações de rendimentos no mesmo ou até em superior escalão relativamente àquele em que aparecem as declarações dos seus patrões, talvez estes últimos ganhassem vergonha na cara e, para além de passarem a cumprir decentemente com as suas obrigações ficais, passassem também a recompensar mais condignamente aqueles que os alimentam.

17 comentários:

Pinto Ribeiro disse...

tu e eu não percebemos nada de fiscalidade política...eheheheh...bom dia, Blair.

micman disse...

Blair, deves estar a gozar com a malta...
Só tem vergonha na cara quando lhe penhorarem o BMW que está em nome da filha, o apartamento da Foz que está em nome do genro...
O outro tinha contas na Suiça e não viste a lata dele... Era para lavar dinheiro do meu sobrinho, não era eu. Coitadinho!
Mesmo assim quer ser presidente de Câmara ou ministro. Achas que ele tem vergonha na cara?
Se um empresário tiver uma declaração irs inferior a um empregado >>> é considerado um heroi, e a 1ª pergunta que outros lhe fariam era :
ò homem da-me o telemóvel do teu contabilista.

Pinto Ribeiro disse...

...ainda é pior MICMAN...

Eric Blair disse...

Vocês tem ambos razão.
Reformulo, então: "...podia ser que os trabalhadores lhe limpassem o sebo..."

Eric Blair disse...

ps. alguém sabe o que é feito do pimenta machado? e do manuel damásio?

Pinto Ribeiro disse...

...vocês são preconceituosos, porra. os trabalhadores são todos os ke trabalham. eu sou patrão e trabalhador. e há patrões decentes, acho eu...aos outros eu também ajudava a limpar o sebo...mas esses é ke se safam e fazem dinheiro...

Eric Blair disse...

Os patrões trabalhadores já estão incluídos nos trabalhadores, por isso não preciso de especificar :)

Pinto Ribeiro disse...

...assim tá bém...

mfc disse...

O que as pessoas normais pensam, em nada interessa aum legislador anormal!

Carlos Barros disse...

passam a vida a tentar comer-nos por parvos, mas acho que um dia o feitiço vira-se.. acho que está na altura do robin dos bosques aparecer.

Joao Soares disse...

Na noite gótica do sec. XX e XXI os neo-vampiros numa bolsa de valores qualquer nesta aldeia global, festejam o saque que fizeram a biliões de litros de sangue de trabalhadores num dia!!
Um abraço.
BioTerra
http://bioterra.blogspot.com

Pinto Ribeiro disse...

bom fim de semana, Kamarada.

molas disse...

Também sou patrão e trabalhador, hoje em dia só se pode ser patrão e trabalhador, ou abrimos falência. Creio que falamos é de pagar impostos, isso só pago o que me obrigam. Tenho meses melhores e outros piores, sim mas falo do passado porque do futuro...., nos empresários não sabemos o que nos espera? É sem duvida uma boa aposta o combate fiscal, mas comecem por: criar brigadas fiscais que se pagam a elas próprias, obrigatoriedade de facturas em todo e qualquer serviço, que todas as facturas possam entrar no irs com percentagens mínimas que seja. Baixem os impostos 21% (Iva) vai para o estado. No final os lucros 42% vai para o estado divido os 58% pelos dois sócios da empresa 29% para cada um. Conclusão o maior accionista não é o maior interessado na proliferação da empresa, só passa de um mero chupista. Como afinal somos da minoria seguimos lhes o exemplo. Estou pronto para ir para a rua “lotar” com rosas que os cravos parece já terem passado à historia.

Eric Blair disse...

Agradeço as visitas, caros amigos, mas já sabem que este é um blog tipo comércio tradicional: fecha ao fim-de-semana.
Registo, com agrado, visitas de amigos que andavam um pouco arredios, e a visita de um amigo que cá vem pela primeira vez, e que tem um excelente blog (pega lá uma pista João: liceu de Gaia).
Molas, vejo que é possível ter opiniões consensuais à esquerda e à direita (seja lá o que isso for: a esquerda e a direita, bem entendido)

Charlito disse...

O que é que são incumpridores? Ou melhor, quem são? ou melhor ainda, quem é que os determina?
Já sei! Os incumpridores!

Charlito disse...

Quantos não gostariam de ser incumpridores? Mas não dá! Não tenho como fugir!
Quantos são os que apontam com inveja os incumpridores?

Eric Blair disse...

Aí reside outro dos problemas que traduz bem a pequenez deste país: ter inveja dos incumpridores.