quarta-feira, setembro 07, 2005

Parque Fascista, ou Inaugurar o Inacabado

Levei o puto ao novo parque da cidade de Gaia.

– Desculpe, mas não pode entrar com bola.
– Mas então…!?? Bom, deixa lá, vamos ao carro buscar a bicla.
– Desculpe, mas também não pode entrar com bicicleta.
– Como? Bem, deixa lá, vamos ao quarto de banho como me tinhas pedido e depois vamos ao parque da cidade do Porto.
– Desculpe, mas ainda não temos as instalações sanitárias a funcionar.
– Como? Olha rapaz vais fazer aqui mesmo.
– Atrás de uma árvore?
– Não, não. Aqui mesmo no meio.
(é que não havia nenhuma igreja por perto.)

6 comentários:

Carlos Barros disse...

essa faz-me lembrar as mãezinhas que guardacvam os brinquedos em cima do guarda vestidos para não os estragarmos... pos isso é que agora aos 40 anos adoro brincar

Eric Blair disse...

Cá estamos para isso.
Espero novas visitas.

850 Special disse...

O parque será da cidade, isto é, de quem a habita, ou será da Cidade, isto é, do poder que nela está instalado?
Se o parque não serve para jogar à bola ou andar de bicla e nem para mijar, então para que serve? Ha! Já sei; é só para ganhar votos aos pacóvios que por lá passam...

Mendes Ferreira disse...

Bom dia Eric....

Eric Blair disse...

Ó 850, sê muito bem aparecido.
Não podia estar mais de acordo com o teu bitaite.

Pinto Ribeiro disse...

...vocês tão meskinhos...kerem lá ver os putos a estragar a koisa...