quarta-feira, abril 05, 2006

A direita na esquerda

Eu, que me cruzo diariamente com essa gente da mota-engil, detectei neles um, ainda que previsível, demasiadamente exagerado nervosismo, desde o exacto dia em que a Câmara Municipal do Porto mudou de mãos.

Eu, que sou um ingénuo, só agora percebo: os tipos tinham submetido à aprovação da CMP um projecto imobiliário de alta densidade populacional para a marginal do Douro na zona da Quinta da China, absolutamente ilegal tendo em vista o PDM em vigor.

Eu, que sou um tipo de esquerda, vejo o cretino do nuno cardoso aprovar, ilegalmente, o dito projecto imobiliário apenas 3 dias antes de ser substituído como chefe do executivo camarário, à custa de contrapartidas pessoais que pode ser que um dia alguém o force a tentar explicar.

Eu, que quando finalmente acordo nunca mais fecho os olhos, percebo perfeitamente a aldrabice: os tipos da mota-engil falam em direitos adquiridos e o actual executivo da CMP treme a pensar nas indemnizações (há já quem fale em 6 milhões de contos). Eles sabem-na toda: pretendem partir para um processo negocial que passe a imagem de uma grande cedência e que faça com que as 8 torres passem de 16 para 8 andares. Ora aí é que está o endrominanço: não há quaisquer direitos, adquiridos à custa de uma ilegalidade, por isso eu digo:

- Direitos adquiridos, O Caralho!

- Siga para tribunal!

4 comentários:

seu_misha disse...

Os gajos de esquerda falam muito mas no fim, vai-se a ver, e são os piores.
Escrever isto era pouco e certamente injusto. Infelizmente há cromos de todas as cores cá na praça e cada um com a sua mancha, mas esta caiu na nossa roupa.
Uns dias antes oferece um estádio ao FCP com uma jeitosa área de construção a toda a volta do estádio.
3 dias antes de ir embora aprova para a Mota Engil a Quinta da China.
1 dia antes de ir embora aprova uma construção em pleno parque da cidade.
O coitado do Rui Rio tenta contrariar essas ILEGALIDADES E INJUSTIÇAS, volta-se contra os poderes instalados ( Construtores, Promotores Imobiliários, Bancos etc...), volta-se contra a entidade suprema desta cidade, o FCP , ( porra fico mal disposto só de escrever as iniciais) e os partidos de esquerda não só NÃO O APOIAM, como tentam tirar partido das medidas impopulares contra o FCP, ( última vez que escrevo isto, estou agoniado), numa estratégia de populismo barato, e em relação as aprovações de última hora é o silêncio ... sim o silêncio, mas isso o PS já nos habituou
Já o estou a ver na sede do partido socialista a defender a sua candidatura a CMP :
- Por favor daqui a um mês eu demito-me, só um mês, só um mezinho, por favor.
Era obriga-lo a comer o capachinho do Fernando Gomes, e no fim pendura-lo 3 dias de cabeça para baixo na ponte D. Luis ... e daí ... na da Arrábida faz mais vento e não estraga as fotos dos turistas.
Eu sei que atitude é radical e primária, mas chega a uma altura em que só assim a que a coisa vai lá ... Esse homem não foi enxovalhado o suficiente por todos os Portuenses (PS PP PSD PCP TSF AEP NTV UP APP BVP PSP ), pois continua a aparecer com a maior cara de pau por toda a cidade, fazem-do-se passar por tipo distinto e importante a quem alguns estúpidos ainda pedem a opinião, a única pergunta a fazer-lhe era - Olha lá o paspalho e então estás a gostar de morar no Botswana, já sabes não apareças por cá.
Resumindo ... é queimar a besta. Quem devia pagar os 6 milhões era o Nuno (cuspe) Cardoso ... e o Abrunhosa e os Delfins, com a ajuda de todos os que não querem a renovação dos bairros sociais, e os túneis, e os que querem deixar cair o Bolhão ... enfim, prontos pá... era uma história.

Papo-seco disse...

Uma questão de tomates

diria eu

spartakus disse...

K'mrd: se segue para tribunal, prescreve, porra...abraços.

sem cantigas disse...

mota-engil? tenho a impressão que era a ecop... e o nuno tadinho tão grande e tão pequeno, eih teacher leave the kids alone!

(já não sei escrever em inglês, olha pra isto!)