quinta-feira, abril 10, 2008

Se o tornado vier da esquerda, tem prioridade?

A Polícia de Segurança Pública informa:
Procura-se Tornado em forma de cone. A última vez que foi visto usava ventos fortes e rajadas. Suspeita-se que estivesse alcoolizado pois tropeçou em várias casas. Tem mau feitio, faz muito barulho e lixa tudo por onde passa. A quem o avistar agradece-se que o entretenha durante uns minutos e contacte as autoridades ou os familiares.

37 comentários:

Carlos Miguel disse...

Este é um assunto com o qual não me apetece brincar. Porque afectou a vida de muitas pessoas de uma forma decisiva, porque me poderia ter acontecido a mim, porque os "tornados" vão-se tornando cada vez mais frequentes, e adquirindo mais força, porque é um fenómeno que pode vir a matar muita gente, porque ninguem nos garante que a prazo alem de tornados venhamos a ter os mesmos furacões que se formam nas caraibas, porque amanhã pode ser um de nós. Desculpem-me a frieza de raciocinio, mas sempre que olho á minha volta, encontro cada vez menos razões para rir.

numtiquibóques disse...

Certo Miguel, mas não será também essa uma razão para rir?

Carlos Miguel disse...

Amigo, tudo tem sempre dois lados, a mim não me apetece, "Mas defenderei até á morte o teu direito de o fazeres" ( Robespierre ).

Eric Blair disse...

Caro amigo, neste país é mais habitual ver-se dar prioridade aos furacões que vem da direita.

ps.(r) este é um comentário sério

Carlos Miguel disse...

Excepto nas regras de transito, essa história da esquerda, direita, sempre me pareceu uma forma inteligente de disfarçar o que realmente está em cima ou por baixo, e neste caso nem todos os que estão á direita estão por cima, nem todos os que estão á esquerda estão por baixo..e mais não digo..

'mega' disse...

'diz que esteve lá, ninguém o viu, mas garantem que existe, fodeu muita coisa e ninguém sabe como.. não há imagens, mas vai ficar documentado... seria um tornado ou deus??!!... as semelhanças são mais que muitas, irra!!!'

Carlos Miguel disse...

..Foi mesmo uma conjugação de ventos..porque DEUS NÃO EXISTE.

Eric Blair disse...

Quanto a mim, caro CarlosM, é a treta de que nos dias de hoje já não faz sentido falar em esquerda e direita que serve para nos tentar baralhar.
... não descarto todavia a hipótese de me vir a converter num endireita, um dia, tal como posso vir a ter um encontro com deus um dia destes - lá pra segunda ou terça-feira - se entretanto o alzheimer chegar sem aviso prévio.

Eric Blair disse...

inda bais pró inferno, Mega, directamente sem passar pela casa de partida e receber 2 contos de réis

Carlos Miguel disse...

Caro Blair, esclareça-me por favor daqueles 100,000 professores que se manifestaram recentemente no Terreiro do Paço eram de esquerda ou de direita, ou mais fácil qual seria a percentagem de esquerda ou de direita? E já agora que diferença é que isso faz? E aproveito para tentar saber tambem qual a diferença entre o PS ( esquerda !!?? ) e o PSD ( Direita !!?? ), ou que diferença faz as diferenças entre os velhinhos do PCP, ou os meninos mimados do CDS, para mim e para si, na vida do dia a dia? Uma coisa eu sei se o Cavaco fizer greve nem me aquece nem arrefece ( já agora este é de esquerda ou de direita!!?? ) mas se o Ti zé que anda a recolher o lixo todos os dias fizer greve, lá tou eu a levar com os caixotes cheios de lixo e a cheirar mal. Essa dicotomia esquerda / direita, interessa para quê afinal, come-se? Dá de comer a alguem? Ou será que em vez disso existe sim uma minoria de previligiados, contra uma cada vez maior maioria de deserdados do regime? Ilumine-me por favor..

isabel mendes ferreira disse...

querido E.

faz o favor de mandar o tornado (pode ser inho) ali para os lados de S.Bento....


espero notícias.


beijo.te.

San disse...

um tornado de ideias, com gritos à mistura (Yazaki e Dephi)?

Eric Blair disse...

Começando pelo fim, CarlosM, lamento desapontar mas para iluminar teria eu próprio que ser um iluminado. Não tenho essa pretensão. Aliás, praticamente só tenho dúvidas. Quanto aos cem mil, não faço ideia nem me interessa. Estamos aí de acordo. Nunca disse que a dicotomia/esquerda direita tinha qualquer tipo de interesse; apenas disse que ela existia. Nem sequer meti os partidos ao barulho mas, já agora: quem disse que o ps é de esquerda?

Eric Blair disse...

vamos já criar uma LINHA TORNADO, I. 707000000

Eric Blair disse...

certo, San; de gritos ...

Miu Miu disse...

ahahah
acho que o carlos miguel já foi apanhado por um tornado.
e tanto o chocalhou, que acabou por ficar baralhado!

Carlos Miguel disse...

Baralhado é dficil apanharem-me mas confesso que tenho alguma inveja de quem se consegue rir com estes assuntos..

António Barbosa disse...

Com a politica ou com os Tornados ? eu com a Politica já me rio sempre...

António Barbosa disse...

Eu com a Politica divirto-me desde este grande momento televisivo...http://br.youtube.com/watch?v=6DB42QUJYSM
mas devo dizer que os tornados começam cada vez mais a ser consequência das más politicas, da insensibilidade dos homens face ao ambiente ( Veja-se Estados Unidos face ás Politicas ambientais ) e por isso também deve ser satirizado.

Eric Blair disse...

Espermos que sim, Miu; é bom sinal, é sinal que fica por cá, porque o que esta tasca - cujas paredes não estão pintadas de cinzento - pretende é ser uma espécie de tornado...

Eric Blair disse...

caro CarlosM, assino por baixo do que diz o amigo António Barbosa. Com toda a seriedade que o assunto me merece, obviamente.

Carlos Miguel disse...

caros amigos ( se me é permitido ), em relação á nossa politica, o meu sentimento anda algures entre o nojo, o asco e o ódio visceral..portanto como podem ver nada de bom. Quanto aos tornados, não me consigo rir quando a vida de algumas pessoas que podia ter sido um de nós, foi afectada da forma como foi, o meu respeito é o nivel minimo de solidariedade que lhes posso aprouver, rir-me da sua desgraça, não é só vil e cruel é desumano, ainda assim não critico quem se ri, não nego esse direito a ninguem. Agora tambem vos digo se o tornado tivesse afectado unica e exclusivamente "escória do poder politico", contarião não só com o meu riso, mas com toda a ironia ( do destino ou não ) escárnio e mal dizer. Eu sou português e orgulho-me disso, mas sinto uma vergonha enorme por ser governado por esta gente pobre e mediocre, que ainda não percebeu que o povo não é uma amalgama de ignorantes como as TV´s parecem querer retratar, que no meio da massa anónima há milhares de pessoas com um enorme valor humano, em toda o país, sector publico, privado, mandantes ou mandados, e que eles não percebem é que esta gente merece máis, que esta gente exige mais, e que tudo está por fio.. até lá vão-se rindo...

Eric Blair disse...

Caro amigo, CarlosM, espero que o teu sentimento em relação à classe política se constitua como o necessário conjunto intersecção que te faça permanecer por estas bandas por muito tempo. Quem sabe percebes melhor a forma como gozamos com as situações e não das situações.
Bom, vou-me calar que estou com um discurso muito sério. Já me estás a contaminar ... ou será dos taninos?...
Abraço.

António Barbosa disse...

Hum...basta os sentimentos que descreve nutrir pela classe politica para certamente vir a gostar de muitos e bons posts.
É que a Classe politica inspira muito estes rapazes...

San disse...

sobre o riso e a condição humana, "Um estranho numa terra estranha", de Robert A. Heinlein, publicado na defunta Argonauta e com escola nas edições pirata.bravo,rapazes.

Mac Adriano disse...

Um tornado era aquilo de que esse país precisava. Mas um tornado humano e a acometer sobre o sítio certo: a corja política.

Carlos Miguel disse...

Caro mac adriano,infelizmente uma bomba antes de rebentar, não faz barulho... é tudo uma questão de tempo.. para que milhares de peças de dominós caiam, basta empurrar a primeira..

as velas ardem ate ao fim disse...

Hj em dia parece que só a esquerda tem prioridade!

bjo e boa semana

Carlos Miguel disse...

A sério?? Então porquê?

Eric Blair disse...

Vá lá saber-se, CarlosM; é tudo uma questão de ponto de vista (da direita, claro).
Não será assim, cara Belas?

Carlos Miguel disse...

Tenho uma duvida.

Sabendo que os católicos são maioritariamente de direita e os homosexuais de esquerda, onde cabe um homosexual católico? Ou os homosexuais não podem ser católicos? E os católicos podem ser homesexuais? E se forem são de esquerda ou de direita?

Carlos Miguel disse...

Outra Duvida.
Sabendo que os empresários são maioriatariamente de direita e os trabalhadores por conta de outrem são maioritariamente de esquerda? O que pensar dos empresários de esquerda e dos trabalhadores de direita, serão traidores?

Carlos Miguel disse...

Outra duvida ainda.
Tendo no referendo á legalização do aborto que se realizou em 1998,ganho o não, e sabendo que a maioria dos apoiantes do não eram de direita, será que a maioria dos apoiantes do sim que á partida seriam de esquerda, eram todos irresponsáveis e foram para a praia nesse dia a pensar que o SIM ganhava mesmo sem o voto deles?

Carlos Miguel disse...

..ainda o aborto; Sendo Portugal um país maioritariamente esquerdista, como é que o cavaco conseguiu duas maiorias absolutas seguidas? Mais ainda, porque é que só em 2006, é que o aborto foi legalizado em Portugal, quando em frança e nos estados unidos a questão foi arrumada em 1974 e 1975!!?? Sabendo nós que são paises maioritariamente de direita, será que a nossa "esquerda" é mais "fraca" que a dos outros paises??

Carlos Miguel disse...

Estas questões do transito sempre me fizeram muita confusão..

Eric Blair disse...

he pá, ó Carlos, tanta pergunta; e eu que só tinha mandado o último bitaite para atingir a marca dos 30 bitaites...
Vamos por partes:
A primeira pergunta deves dirigi-la obviamente ao paulo portas enquanto no que diz respeito à segunda gosto de pensar que os empresários seja lá isso o que for de esquerda tratam melhor os seus funcionários que os empresários de direita e já qgora que os assalariados de direita não passam de tansos e passo já para a terceira para opinar que os defensores do espermatozóide são mais militantes isto sem parar para respirar e fazendo-te eu a pergunta acerca da fonte que te enganou dizendo-te que o nosso país era maoritariamente de esquerda e agora vou-me calar que já estou farto de escrever sem vírgulas nem pontos nem o escafandro numa de Saramago de 1ª regional que também é graças a deus um gajo de esquerda que muito provavelmente não tem carta de condução

kdaenekas disse...

Vcs vao ver quando um passa em sima da sua casa num cabrinquem com fogo!