quinta-feira, janeiro 19, 2006

O Engodo

Lá conseguiu o bolo-rei passear-se pela pré-campanha e pela dita cuja propriamente dita, sem que se tivesse atravessado com uma opinião que fosse acerca de algo relevante. Missão, portanto, cumprida.

É sabido que dispenso “opinadelas” por parte de quem tem unicamente certezas. O que realmente me intriga é qual das duas hipóteses será a correcta: ele nada pensa ou ele, com o seu silêncio cobarde, pretende esconder aquilo que pensa, com legítimo receio de afugentar a caça?

16 comentários:

relampago disse...

definitivamente tudo das duas alternativas!

b.e.i.j.o.

relampago disse...

hum hum...mandei às urtigas...ficou o piano....

beijo.

Eric Blair disse...

Terminou, portanto, a sociedade sem quotas?

sem cantigas disse...

boa questão! em sentido muito lato...
o silêncio tem destas coisas: permite todas as interpretações e NENHUMA

Galo Rouco disse...

Sabes Eric, a questão é que foram os outros que lhe prepararam o engodo, quando disseram tudo por ele.

Eric Blair disse...

Pá, não é por cortesia, mas concordo convosco (com os 3).

i. disse...

da mesma forma que a corja de assessores o proibiu de comer em público durante a campanha, talvez também tenham sugerido que falasse o menos possivel de modo a evitar cuspir em cima da marallha e a expôr a sua manifesta má dicção e ruinoso tom de voz.

spartakus disse...

Não própriamente. Boa tarde Kamarada. Eu vou pela 2ª.. Abraços.

spartakus disse...

...e inté.

sonia r. disse...

Boa tarde Blair. Eu também opto pela segunda opção. Bjos.

the guardian disse...

a 2ª é a mais provável!

Flor disse...

para mim a segunda hipótese!
beijo doce

Mac Adriano disse...

Eu, ao contrário de comentadores precedentes, vou pela primeira hipótese: ele nada pensa. Se fosse com medo de afugentar a caça, fazia como o Sócrates e dizia aquilo que conviesse agora, mudando de discurso depois de ser eleito.

Dinada disse...

Eu acho que esta posta se devia chamar 'Ou Engordo'...mainada!

Eric Blair disse...

Já que vai tanta gente pela segunda, só podemos concluir que o parolo de Boliqueime tem bons (leia-se: eficazes) conselheiros.

Cucagaio disse...

Enquanto um tudo fala, e nada ganha com isso, o outro nada diz, mas o povo dele espera tudo. Deste modo, mais vale estar calado, do que opinar e deitar tudo a perder.