sábado, outubro 06, 2007

Hããã?!!

Isto de ver televisão é, afinal, muito educativo:

Acabo de ver um anúncio institucional pró medicamentos genéricos, dirigido à população em geral, mas mais especificamente aos mais antigos.

Pá, já estou convencido e prometo que da próxima vez que prescrever uma receita a mim próprio vai ser de genéricos.



Depois é só convencer o médico a assinar.

16 comentários:

Moriae disse...

[explicas melhor pô causa amiga mais lentita?]

Dinada disse...

Hã? digo eu...ora!

Olá amigo, para quando mais uma foto dos teus pés? É que me pareces curado e assim numtem graça :(

Pois...'genericamente' continuas amalucado é o que vale.

Cristina disse...

tá a sair um Dec Lei pra resolver o caso, depois ja podes assinar. simplex :)

PintoRibeiro disse...

Revejo-me.
Ké feito de ti, porra?
Abraço K'mrd.

Eric Blair disse...

EU, Moriae?
Eu não entendo nada...

Eric Blair disse...

Para assinalar o teu regresso, Dinada, até alterei a posta.

Eric Blair disse...

He he, sempre na vanguarda ... da resposta, Riquita. :)

Eric Blair disse...

À esquerda, Sergey, olha para a esquerda. Estou lá.
E esses ossos?

Pipinha disse...

Qual médico? Com a quantidade de serviços de saúde a fechar... mais vale ser genérico que original!

Eric Blair disse...

genericamente falando, Pipinha...

Dinada disse...

:comovida:

:)

Obrigada!

SeDona_Su disse...

A minha avó ainda não se convenceu.
O médico dela bem insiste...mas a minha avó diz preferir gastar a reforma na farmácia!

Francis disse...

os alemaes gostam muito...

e o calçonito é para ?

Eric Blair disse...

Ai, SDona, estas campanhas que não colhem. Põe a tua avó a ver a rtp2.

Moriae disse...

Estava lerda de todo ... [eu não disse isso]
Afinal ir trabalhar alumina! Agora só me falta ver o anúncio! [já fixei um ou outro genérico que 'tão ali na gabeta]

Eric Blair disse...

Pá, Francis, o calçonito não estava inicialmente na posta. Poderia dizer que é um upgrade, mas não: é mesmo um tuning. Foi a pedido aí duma visitante, num bitaite mais acima.
It´s a long story, e o camandro...