segunda-feira, outubro 01, 2007

Cercanias da Freita

Ontem não sei e amanhã ninguém sabe, mas hoje sou seguramente o único descendente de Adão e Eva por estas paragens.


Curioso é estender o olhar até ao horizonte ou encolhê-lo até às folhas mais próximas e não ver rasto do Criador.
As primeiras da época

Festim
Ao fim de mais de uma hora de caminhada, com o pequeno-almoço tomado há mais de três horas e com o cantil esquecido na mala do carro, nem queria acreditar no que os meus olhos viam.


Entretanto fui recolhendo umas maçãs e umas uvas, ao longo do restante percurso, para ajudar a compor o estômago. A esta altura ainda eu não sabia que me esperava um cozido à portuguesa regado por uma de Terras D’el Rei, num daqueles de beira de estrada.


Entretanto...

... ficaram assim após ter enchido a pança de amoras (se algum de vocês conhecer a Maya, peça-lhe para me ler o futuro).


Querem apostar…

… que o tipo que andou a podar vai deixar aqui o entulho, sem que isso o demova de, aquando da primeira cheia da temporada, encabeçar os protestos contra a Câmbra e a Purteçom Cibil por não manterem limpas as linhas de água?



Está bonito, o caminho!

Bom, não deixa de ser o sítio ideal para mudar a água às azeitonas, que já vai sendo tempo.
.

22 comentários:

Carlos Barros disse...

imagina como ficou a boca hehehehe...
as amoras são tramandas..mas são tão boas...umh e o criador..nada...
o costume...
abraço

Eric Blair disse...

Pá, desde que não seja a língua azul... Que com a roxa cá nos amanhamos nós.
E que sejas bem regressado aqui ao meu quiosque.

San disse...

E ninfas, nada?

Eric Blair disse...

Pois, os gajos da FHM estão à espera não é San?
É que não vi nada disso.

bEtA disse...

que bocado bem passado! :)

Cristina disse...

essa foi a parte boa. isso da pança cheia d'amoras foi hoje? então amanhã vem cá contar o resto...se conseguires. :)))

Cristina disse...

se precisares de Ultra Levure diz ok?

Mac Adriano disse...

Andas, então, a calcorrear os caminhos a que nem Cristo se atreveu...

Anónimo disse...

http://www.jornalbriefing.iol.pt/noticia.php?id=860687&div_id=3418


Pá tou a negociar o prémio ... A ver se pagam em generos.


Seu_misha

Eric Blair disse...

Podes crer, Beta, e sem aturar outras almas, que é o mais relaxante.

Eric Blair disse...

Nã, Riquita, intestinos e estômago de ferro.
E de qualquer das formas recorreria em caso de necessidade a um chá de erva salicária, que apanho junto ao Lima, seco e guardo em frasco. Posso assegurar-te que a travagem é instantânea - às 4 rodas.
:)

Eric Blair disse...

Mais vale andar que estar parado a ver o mundo passar, camarada Mac.

Eric Blair disse...

Pá, Seu Misha, lembras-te da PUCH que vendi por 20 contos e uma grade de cerveja? Sim, sim aquela que tu o Molas e o Charlito se encarregaram de chacinar. Pois, no fim foi por 20 mocas e uma grade de cuca; vieram uns gajos de Vilar do Pinheiro, com a grade num Visa e ficamos o resto da tarde a beber com eles após efectuada a transacção. Não te lembras, pá, tinha posto o anúncio no Bacalhau: "vende-se PUCH - 20 contos e uma grade de Super-Bock"
Abraço, pá, e num bebas dessas merdas com sabor a tudo e mais alguma coisa que agora para aí há e que nos querem convencer de que é cuca.

Barão da Tróia II disse...

Que porra de sorte, tou cheio de pena de ti, com recantos desses à disposição, a mim toca-me alcatrão e cimento mais cagadelas de cães, boa semana, as fotos estão um mimo.

'mega' disse...

'perdia a atenção quando li "terras d'el rei"... a partir daí ficou tudo bem mais enevoado...'

Anónimo disse...

Por me lembrar do filme a que escrevi a posta.
Quanto a acusação de nós termos chinado a PUCH é de origem duvidosa, eu diria até maldosa.
O estado lastimoso teve origem na manifesta falta de jeito que tu tinhas para conduzir com os copos, associada a uma estética Psyco ou Punk que sem dúvida ajudava a marcar a diferença.( tipo ... tão rota que ninguem lhe pega)
Além disso é conhecido em Stº Ovidio o respeito e carinho que eu o charlito e o molas tinhamos para com a PUCH, recordo que era o nosso transporte diário para o liceu ... 3 gajos numa PUCH com selim de uma pessoa... nunca percebi porque é que os gajos que desciam a avenida nos autocarros cheios se riam a nossa passagem.

aquele abraço

Seu_misha

SeDona_Su disse...

Ainda dizes q Deus num existe!Esteve sempre ao teu lado... (brindou-te com a natureza, tiveste fome comeste, tiveste sede bebeste. :-)

Eric Blair disse...

He he.
Amén, SDona.

mfc disse...

Foste às Quedas da Misarela?

Eric Blair disse...

Desta vez não, Mfc, mas andei lá perto. Conheço-as bem.
Assinalo com agrado o teu regresso aqui à minha tasca.
Hasta.

Moriae disse...

1 de Outubro, segunda-feira, dia da música ... 2007. Tomara ter recordações como as tuas ...
Abraço Anti-84 e presente!

Eric Blair disse...

Há que fazer por isso, Moriae.
Rica música a do silêncio por aquelas bandas.