domingo, outubro 28, 2007

Em 2009 Portugal irá produzir 1500 doutorados por ano


40 comentários:

Piotr Kropotkine disse...

eheheheheheeh!!!!!!!!!

Eric Blair disse...

çó tu m'intendes cumpanheiro!

Pseudo disse...

Quantidade vs. Qualidade...tá-se bem (mal)...

Eric Blair disse...

táçe, táçe ...

'mega' disse...

'não é preciso levar ao forno nem nada??!! olha só o que se vai poupar em gás/electricidade... por outro lado gasta-se em água. os nossos licenciados têm tendência a ser muito secos, por isso quanta mais água melhor...'

Eric Blair disse...

Tal e qual, Mega, é a verdadeira ecoeficiência e o camandro.

Inha disse...

Mais água? Com este gajo já está tudo com água pelos tornozelos!!!...

Anónimo disse...

This place would be a paradise tomorrow if every department had a supervisor with a machine gun ...
Change must come thru the barrel of a gun.


Seu_misha

San disse...

Tenho que avisar a minha herdeira! A rapariga anda fora destas culinárias por conta do erasmus, ainda na volta quando regressar se não estiver doutorada está pelo menos com o 2º ciclo pronto para o lume!

Francis disse...

o mandarim é bom é...diz o sócrates os doutores...ai é bom é...

SA disse...

é o "licenciado-pudim".. o licenciado-instantâneo.. ate que esses pudins são bosn ;)

as velas ardem ate ao fim disse...

É que nem quantidade nem qualidade...Livra!

bjo e boa semana

as velas ardem ate ao fim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
as velas ardem ate ao fim disse...

É que nem quantidade nem qualidade...Livra!

bjo e boa semana

Cucagaio disse...

Se calhar todos formados pela Universidade Independente.

Eric Blair disse...

Pois, Inha, tens razão; não é preciso juntar água, basta espremer a esponja )

Eric Blair disse...

He he, Seu Misha, isso cheira-me à árvore de Alabama :)

Eric Blair disse...

Isso é limpinho, San; já deve vir com agregação e o camandro.

Eric Blair disse...

É preciso é mexer com calminha, para não ganhar grumos, Francis.
Senão sai um doutor grumado.

Eric Blair disse...

Até na loja dos chineses, Sa. É claro que, como é habitual nessas lojas, é sem garantia.

Eric Blair disse...

Já contigo, Belas, é quantidade e qualidade :)

(resposta apagada)

Já contigo, Belas, é quantidade e qualidade :)

Eric Blair disse...

Nã, nã, Cucagaio, formados por tudo quanto é quiosque, mesmo os mais conceituados; seja lá isso o que for.

isabel mendes ferreira disse...

quem diria....


deve ser uma questão de "sobrevivência" não?

:)))))))))))))))))))



_______________bom dia.

Eric Blair disse...

é seguramente.
Bom dia )

Francis disse...

isto é ganda pudim...familiar ?

Eric Blair disse...

E se comprares 2 pacotes ainda levas 3 postdocs e uma agregaçao de bónus.

ps.(r) aqui nao hay "til". Estoy en Madrid. Vim contactar a célula madrileña (afinal há til, mas já vem agarrado ao "ene")

Animal disse...

vê lá se o baltazar garzon te deita a gadanha pá...

Maria P. disse...

Gostava mais do "boca doce"

:)

Mac Adriano disse...

A estupidez destes cretinos não só não pára como se acentua. Um reles país que nem emprego tem para os licenciados, quer agora também aumentar o desemprego entre os doutorados. Fujam mas é todos daí!

p.s.(r.): tu não precisas de fugir, basta que te mantenhas por Madrid (que, espero eu, será a capital da Ibéria. Ou da Espanha, o nome é-me indiferente)

Moriae disse...

hummmmm ... essa coisa é transgénica?
cof cof

as velas ardem ate ao fim disse...

Que é feito de ti????

bjo

San disse...

que pasa, hombre?

Francis disse...

não me digas que estás em Lisboa a assistir ao debate do orçamento ?

JS vs PSL...só rir.

Eric Blair disse...

Bem lambrado, Animal. Pirei-me, pois, pra cá outra bêz.

Eric Blair disse...

O boca-doce só vem com 3 PhDs e um mestrado, Maria.

Eric Blair disse...

Pois, companheiro Mc, apanhaste-me. Eu vim mesmo foi visitar a capital no nosso país.
Rais parta o bug de 1640!

Eric Blair disse...

Nã, Moriae, é de evacuação garantida.

Eric Blair disse...

Vou andar por aí, Belas, como o outro :).

Eric Blair disse...

Pasa nada, San, por supuesto.
Hasta siempre.

Eric Blair disse...

Nã, Francis, não fui a Lisboa; fui mesmo à capital.