domingo, novembro 25, 2007

Pensamento semanal do dia

Ramos Horta diz que irá propôr Durão Barroso para o Nobel. Parece-me muito bem visto; pelo menos a nós deixou-nos em paz.
Anónimo Num'siquiboquem


10 comentários:

Anónimo disse...

Obrigado pelo destaque, mas permita-me apenas que questione a foto escolhida, caro Blair. Não obstante o valor da ideia, tanto do ponto de vista artístico, interventivo e político, levanta-se aqui uma altercação pertinente no plano social. Se não chutámos o Durão Barroso na devida altura, de que serve agora quando o mais certo é que a sua cabeça - mesmo que pontapeada com toda a força e Deus permita que sim – caia novamente na nossa grande área?
Arriscamo-nos com isto a que a União Europeia nos marque livre directo, ou seja, recambiá-lo de pronto à proveniência como mais um reformado que teremos de alimentar.
Ou que, no pior dos cenários, nos vejamos a braços com um Penalti e o respectivo vermelho directo acessório. O mesmo que dizer: Durão Barroso como candidato a próximo Presidente da República. Não me espanta que vença porque neste país dá-se sempre mais valor aos artigos importados. Um deles será.

Com a mesma curiosidade que tenho em colocar lâmpadas dentro de um micro-ondas, sento-me para o ver chutar alto. Permita-me só que vá buscar o cachecol, a cerveja e as pipocas.
Agradecido.

Força nisso e Num siquibóque.

Eric Blair disse...

A ideia era mandá-lo para o estaleiro...
Devemos, então, apostar nos rodriguinhos; isto é, levar o zé manel para junto da bandeirola de canto e esperar pelo apito final, ou que um adversário o empurre para fora do campo? Enconar, portanto, em claro e perceptível português.

San disse...

E porque não da literatura? O home deve ter escrito muito, na fase amarelo/vermelha...antes de empolgar o país e a europa (quiçá o mundo...)
A mim não me deixou em paz, continua a assombrar-me a tv, de vez em quando, o estuporado!

Francis disse...

mas agora franchisaste a cena ?

Eric Blair disse...

Pois, San, ou da economia; com a tese: "Como sendo um 1º ministro incompetente o pode catapultar para o megatacho"

Eric Blair disse...

Claro, Frank, um gajo pode aprender algumas coisas com o capital, mas não digas nada a ninguém.

Cândida disse...

não suporto nem um nem outro. ai o meu ximeninhos!

Cândida disse...

e ele até foi ver o conxerto a paredes de coura com a mulher que naquele dia não devia estar com dores no corpo. deve ter sido por causa do cherne que emborcaram ao jantar. fazem um casal lindo!

Eric Blair disse...

Somos dois, Cândida.
Pois, ela tem aquela doença que cansa quando se trabalha, não é?
Curioso.

Cristina disse...

então e o dabliubuche? e o aznariu? e o bife? esqueceu-se pá...