domingo, fevereiro 05, 2006

Ninguém pára o Vale do Ave, olé.

Pá, por sugestão do Camarada Raimundo, procuramos sócios que estejam dispostos a avançar na exploração de um nicho de mercado: o da confecção simples e barata de bandeiras facilmente inflamáveis para exportar para países islâmicos. Aos camaradas lampiões, e atendendo ao actual altíssimo momento de forma da sua equipa, propomo-nos comprar bandeiras vermelhas e brancas que estejam lá para casa a ganhar pó, e que possam ser convertidas em bandeiras da Dinamarca.

Preço a combinar.

10 comentários:

Mac Adriano disse...

Desde que o negócio não inclua a bandeira da Noruega, tudo bem. É que, apesar daquilo com o Adriaanse, não acredito que alguém esteja disposto a doar a sua bandeira azul.

Cristina disse...

ei!! alto e pára o baile!!

a minha está ali guardadinha pra bonança, que afinal, como diz o outro, a situação é desesperada mes não é séria...
eu cá, começava já a fase de preparação/desestabilização e mandava umas do liverpool ;)

beijoca

Mendes Ferreira disse...

....tanta confusão....carnívora? ao fogo então!

vou mandar várias bandeiras...tá bem?

b.e.i.j.o.

Pipinha disse...

Na sede do PSD mais próxima também devem haver bandeiras laranjas fixes e prontas para queimar! Bom domingo!

kamarrad disse...

eheheh

Bart Simpson disse...

posso mandar umas do salgueiros?

LM disse...

Sócios arranjamos mas a confecção terá que ser em países de Leste.
Serve?

Eric Blair disse...

Pá, do Salgueiros não. Só se for o linhares. Esse sim pode ir para a fogueira.
Claro que a confecção vai ser em países de leste. Há que deslocalizar.

Raimundo disse...

Pelos vistos temos negócio. Será que ainda conseguimos cravar uns subsidiozitos ao pessoal do IEFP e do IAPMEI?... alguém tem contactos nesses sítios para facilitar o processo? Eu posso ver se arranjo a trazer o poliester do extremo oriente a um preço aprazível... Bora lá ficar ricos!!!

Papa Ratzi disse...

pelo sim pelo não, guardem algumas dessas bandeiras para convertê-las em bandeiras da Austria ou do Bahrain, as quais são também vermelhas e brancas.