quarta-feira, fevereiro 01, 2006

Pá, a inovação está apenas na substituição da contracção

Substituir a contracção da preposição “a” com o artigo definido “o”,
pela contracção da preposição “de” com o artigo definido “o”

ie: Onde se lê “ao” deverá, a partir de agora, ler-se “do”.

9 comentários:

i. disse...

pinto da costa deve ver o seu mérito reconhecido como precursor desta inovação.
se bem que boa, boa é a expressão "derivado ao facto de" que de repente passou a andar na boca de todo o popular.

seu_misha disse...

isso está nas verticais ou nas horizontais

Flor disse...

não percebi nada , tens a versão em françês?
:-)
beijo grande

Mendes Ferreira disse...

o narciso? ...POIS....
pois alguém que depois de ter achado que eu era "genial" (imagine-se...) resolveu apagar-me o antigo piano e depianíssimo e agora anda, subreptício, mas insidioso, a tentar que eu me vá definitivamente...:) coisa aliás que muito me apetece....beijos. sorridentes. nunca "contraídos"...

Cristina disse...

...só mudanças para pior!
o "ao" estava lá tão bem...ou como se pode transformar prazer em tédio e insucesso...

bj ;)

chuvamiuda disse...

......inovar nas contracções, pode ser um bom caminho....

Flor disse...

Caro Eric:
Fui envolvida num jogo que circula na blogoesfera, "5 Manias".
Como tinha de escolher novos jogadores...foi eleito!
Para entender melhor o jogo por favor visite-me.
beijo

Mac Adriano disse...

Pá, esta era difícil. Só percebi quando, por acaso, carreguei na palavra "Substituir".

Galo Rouco disse...

A culpa é em exclusivo desses gajos chamados Licenciados (e não somente em Direito).
Passam o tempo da universidade a fazer turismo, logo não necessitam do direito ao mesmo!