quinta-feira, fevereiro 02, 2006

Não obstante ser ateu ...



... dou graças a deus por não ter nascido num país árabe. É que, por muito mal que o António tenha sido tratado por um considerável punhado de fundamentalistas da ICAR, que me lembre, ninguém o ameaçou de morte.

17 comentários:

marcox disse...

fdx, antes cá pobre com mulheres e vinho que lá rico e sem perna!

Mac Adriano disse...

As religiões são o que são, mas os muçulmanos abusam. Andam a pedi-las, é o que é.

Mendes Ferreira disse...

olá Éric....boa tarde....sem "CARICATURAS"....


B,E,I,J,O,

Galo Rouco disse...

Sem Dúvida.
E depois indignados com a violencia das caricaturas, não perdem tempo em se autocaricaturarem e jurarem a viloncia sobre os outros!
Grande abraço e bom fim de semana.

seu_misha disse...

O Manuel Monteiro disse que lhe dava dois estalos...

Eric Blair disse...

Pá, obrigado pela alembradura, Seu Misha.
De qualquer das formas, quem conhece o António e quem já viu, por acaso, o manuel monteiro em calções na praia de Moledo, sabe que o segundo estalo seria nas fuças deste último e que o atiraria por terra.

mixtu disse...

É necessário acabar com a intolerância.

fermento...

Eric Blair disse...

pronto pá :)

Cucagaio disse...

A explicação está na idade. Segundo o calendário mulçumano, eles ainda estão no ano de 14..., ora, nós por essa altura não eramos muito diferentes deles. Só é pena que eles não aprendam com os erros dos outros.

Ana Pinheiro disse...

Ai credo, nem consigo imaginar-me nas arábias...E depois as burcas ficam-me mal lol
parabéns pelo blog :)
Beijo ternoe eterno.

Pipinha disse...

É o que distingue a civilização… É uma palavra que ainda não aprenderam… Nem essa, nem respeito, nem liberdade…

Raimundo disse...

Uhmm... e que tal se a gente conseguisse reunir um grupo de otários fanáticos católicos e os convencesse a vestir um Kispo forrado a C4 e dinamite e os mandasse para um mercado muçulmano de cada vez que for queimada uma bandeira de um país ocidental? Não?... prontos... foi só uma ideia!... eu nem quero saber disso para nada.

Raimundo disse...

Lembrei-me agora... oportunidade de negócio:

Fabricar e exportar bandeiras da Dinamarca (confecção simples e barata) para países islâmicos. É que hoje vi um grupo de tipos a queimar o estandarte dinamarquês desenhado num papel. Ok... o que conta é a intenção... mas não é a mesma coisa!... não há nada como o cheiro do poliéster a arder!

edu disse...

Bem, agora que o Lula fabrica o biodiesel o único contato que temos com esses aí é no carnaval do Rio. No Baile das Arabias do clube Monte Líbano.

Mendes Ferreira disse...

bom dia...europeu! :)

Cucagaio disse...

Talvez os meios de comunicação tenham impolado a coisa, mas o certo, é que os maiores culpados são os próprios fundamentalistas. Em Setembro de 2005 foram publicadas as caricaturas na Dinarmarca, tirando os leitores desse jornal, mais alguém viu as caricaturas? Não. Hoje graças a polémica e intolerância dos fundamentalistas, as caricaturas já fora publicadas em mais de 30 países.

Papa Ratzi disse...

Felizmente também não proclamaram uma fatwa contra o Saramago.