quinta-feira, agosto 11, 2005

Apenas um número

Não é transcendente, não é complexo, não é irracional, nem sequer é primo.
Bom, é real e natural.

“Toda a gente sabe como as necessidades da vida corrente exigem que, a cada momento, se façam contagens … se o homem vivesse isolado, sem vida de relação com os outros homens, a necessidade da contagem diminuiria, mas não desapareceria de todo …”

Bento de Jesus Caraça
in Conceitos Fundamentais da Matemática –
A contagem, operação elementar da vida individual e social

De que é que estava eu a falar? Ah, pois, já me lembro: 1000 visitas aqui no berlogue.
É só isso.

3 comentários:

Charlito disse...

É um marco. Vamos continuar de olhos postas na estrada, atentos, respeitando os outros condutores, peões e afins, sem gandes acelerações (32k vai chegando muuuuito bem) que, o conta quilómetros, esse, vai registando - só isso.

Pinto Ribeiro disse...

ó pá...assim não vale. maldita concorrência. ó Charlito o meu é melhor ku nosso. eheheh. força kamarada.

Eric Blair disse...

Em breve seremos 6 milhões :-)