terça-feira, agosto 16, 2005

J’aimerais bien mourir dans lá revolution

Vinte anos depois, que é feito dos Pop Del Art?

22 comentários:

Pinto Ribeiro disse...

parte está nos THE GREAT LESBIAN SHOW, a gravar, a tocar, ( quero ver se os trago cá pró mês que vem ).

Eric Blair disse...

Pá, isso é verdade? O Peste ainda bule?

ps. há uma outra banda portuguesa que gosto ainda mais: Repórter Estrábico.

Pinto Ribeiro disse...

do peste não sei nada. e o peste era uma peste...eheheh. e eu sou um pouco mais velho. dos uhf no canecão de cacilhas com o peres e o renato. os xutos do francis e do 1º. álbum para o antónio sérgio. dos gnr sem reininho. e dos faíscas. outra loiça. mas amerdalharam todos. a propósito hoje só estou n' OCAVACO e a ouvir os gang of four. o PORCO tira o protagonismo todo ao cavaquinho. nã...

Eric Blair disse...

Claro que tira. Já lá fui e manei uns bitaites. Agora vou prós tachos que vou ter aí um pessoal para uma churrascada e ainda quero preparar umas moelazitas.

micman disse...

Os Pop Del Art ainda mexem. A poucas semanas atrás deram um concerto em Lisboa comemorativo dos 20 anos carreira ( isto soa a Xutos ou GNR). Ponderavam a hipotese de realizar + alguns concertos em Portugal... ???? caso fossem solicitados para tal.
Vamos organizar um festival de Verão?

Desde já proponho o Areinho de Avintes e a sua exelente praia, para receber os festivaleiros.
Podemos convidar as grandes bandas de culto como os Cães Vadios, Pop Del Art, Sua Santidade e os Três, Irmãos Murtalha, Repórter Estrábico ... aceitam-se sugestões.

Pinto Ribeiro disse...

E os VODKA COM LARANJA e os MAU MAU?

Mendes Ferreira disse...

nunca é tarde, mas parece...não é?
embora saiba que nem tudo é...o que parece...bom dia Eric.

Pinto Ribeiro disse...

ANDA TUDO DISTRAÍDO NA BLOGOSFERA?
www.ocavaco.blogspot.com

Pinto Ribeiro disse...

notícias do Peste. anda a travar outras guerras. e a perder velhos combates. tudo isto sem confirmação oficial.

Charlito disse...

ó eric, esta posta fez-me lembrar cascais e a motoreta e o 'olhos'...
A propósito, que é feito deste último? Talvez tenha notícias do peste.

Eric Blair disse...

Micman:
Ai mexem? Pena não terem ido ao Porto?
Pois, um festival no areinho seria perfeito. Lembras-te quando organizamos aquele na praia, com Repórter Estrábico, Cães Vadios e Cosmic City Blues?
Acerca de Sua Santidade e os Três, fica reservado para uma posta um dia destes...ou talvez não!

Eric Blair disse...

E muito pouco é o que parece, Mendes Ferreira (embora haja muita coisa que parece exactamente o que é).

Eric Blair disse...

Pois, Charlito, Cascais, Guincho e não sei que mais, e a motoreta e umas férias inesquecíveis; e o concerto que nunca existiu (artlântico, penso eu que era esse o nome), e o Peste que telefonou para o Porto para avisar que não comprassemos bilhetes porque constava que alguém se ia pirar com a guia; como de facto aconteceu. E o Pogues que andaram a embebedar-se pelo bairro alto em substituição do concerto.

Mendes Ferreira disse...

não precisa...e mt. obrigada....espero não desiludir...:)...

Pinto Ribeiro disse...

ó que é hoje o almoço ò BLAIR?

Pinto Ribeiro disse...

já agora, ó BLAIR. acorram ao PORCOLATINO ke eu hoje fui lá e aquilo estava uma dor de alma. uma perfeita bosta.
grato, venerando e obrigado pela solidariedade.

Eric Blair disse...

Um arrozinho de cabidela, mas desta vez feito pela minha mãe (o meu único contributo foi o de avinagrar um pouco mais, às escondidas). Acompanhado com um verde tinto de Ponte da Barca.

Pinto Ribeiro disse...

os gajos de esquerda são uns felizardos. mesmo sendo uma boa cabidela comida ímpia.

Micman disse...

Acerca de Sua Santidade e os Três, fica reservado para uma posta um dia destes...ou talvez não!

Claro que sim, + que uma posta mereciam um blog...
Tanto quanto sei, e já pesquisei todas as fontes possiveis e imaginárias durante + de 2 anos, já não existem registos sonoros da banda, apenas uma entrevista a uma rádio pirata.
Quanto aos membros da banda converteram-se ao islamismo, queimaram todos os discos, cassetes e maquetes que registavam o seu som e partiram para o Afeganistão, juntaram-se a um grupo armado independente e dedicam-se a planear ataques a concertos e festivais de música por esse mundo fora.
Isto foi o que consegui apurar até agora...
Uma boa ideia seria transcrever a única entrevista concedida até hoje para este blog. Apesar da entrevista ser de 1987, os conceitos e ideias aí manifestados mantém-se actuais, daquela que sem dúvida a melhor banda Portuguesa de todos os tempos.

Eric Blair disse...

Lembro-me bem dessa memorável entrevista. Se conseguisses desenterrar essa gravação, Micman, seria um milagre.

Eric Blair disse...

Ó Pinto, temos que combinar uma patuscada.

ps. anda por aqui muito gajo que não é de esquerda :)

Pinto Ribeiro disse...

ALLAHuAKBAR!